Giovani Casilo

Técnico esportivo especializado em Saltos Ornamentais. Atua nesta modalidade desde 1955, quando por 10 anos foi atleta, até 1965, do C. R. Vasco da Gama, no Rio de Janeiro. Assumiu a função de técnico desde 1965, exerceu o comando de equipes como o próprio Vasco da Gama, o C.R. Guanabara, no Rio de Janeiro até 1970, o E.C. Pinheiros de São Paulo no início de 71, e em Brasília desde 1973, quando se transferiu, convidado para implantar o esporte na Capital da República, através do antigo DEFER, atual Secretaria de Esportes do GDF, e onde permanece ministrando aulas de escolinha e treinamento especializado até os dias de hoje. Treinador das equipes nacionais desde 1968, tornou-se o primeiro profissional a ser escalado à uma Olimpíada, a de Barcelona/92, levando a primeira atleta brasiliense ? Silvana Neitzke ? a disputar os Jogos Olímpicos. Até esta data, somente atletas sem treinadores eram enviados para disputar os Jogos.

Formou cerca de 2000 atletas para Brasília, entre eles mais de 50 campeões brasileiros e sul-americanos, e culminou com quatro Olímpicos: A própria Silvana, e os atuais olímpicos César Castro, Hugo Parisi e o treinador Ricardo Moreira, todos com mais de 10 anos em suas mãos. Participou com as equipes brasileiras dos seis primeiros Campeonatos Mundiais de Esportes Aquáticos, vários Pan-americanos e Mundiais Juvenis além de muitos sul-americanos, e também chefiou diversas delegações a estágios no exterior.

Possui as medalhas de cavaleiro do Mérito Maçônico e do Buriti, e foi homenageado em 2002 com o título de Cidadão Honorário de Brasília. Este ano de 2012 recebeu a medalha de mérito Candango.

Este livro, o único existente sobre a matéria no Brasil, foi escrito e distribuído gratuitamente em todo o nosso País em 1975, e agora está sendo atualizado.

Publicações do Autor